8. Profetas do cotidiano

20/07/2017

É a alegria que se vive no meio das pequenas coisas da vida quotidiana, como resposta ao amoroso convite de Deus nosso Pai: «Meu filho, se tens com quê, trata-te bem (...). Não te prives da felicidade presente» (Sir 14, 11.14). Quanta ternura paterna se vislumbra por detrás destas palavras!

Papa Francisco, Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, n.4

O dia-a-dia do missionário, mesmo porque partilha das angustias e dos sofrimentos dos homens, sabe encontrar na solidariedade sempre novos caminhos para não perder a esperança...

Não esquece do evangelho para encaminhar todos seus afazeres aprendendo a se alegrar com as coisas normais de cada dia, descobrindo o segredo de uma vida simples que encontra na rotina diária os motivos para testemunhar sua confiança.

Ser missionário é anunciar o amor de Deus através gestos diárias repetidos milhares de vezes, sem deixar que se desgastem em obrigações, sem deixar que nos desgastem em pessoas ausentes da vida da qual nos responsabilizamos.