7. Castidade Conjugal: Linguagem do Amor

01/08/2017

Na dimensão humana da sexualidade, a linguagem da santificação usa a gramática da castidade! O ser humano é um ser sexuado e por isso ele para expressar a santidade deve poder articular seu "discurso existencial" através da castidade.

Em particular, na vivência da intimidade física, castidade significa saber se doar verdadeiramente na relação sexual, respeitando a si mesmo e ao outro, vivendo cada momento, do começo ao fim da relação, no amor.

Então um casal aprende a fazer isso. Pois não se trata de algo automático! A vivência da sexualidade entre homem e mulher é completamente diferente: isto significa, em primeiro lugar saber acolher o outro, saber viver a reciprocidade entre mundo masculino e mundo feminino.

Para o homem geralmente é tudo mais rápido e simples. Para a mulher não. Assim é o homem que deve saber esperar e descobrir uma vivência da sexualidade mais profunda e afetiva para dentro da qual a esposa poderá conduzi-lo.