2. Vocação á vida cristã: Amar como Jesus

06/08/2017

Deus não apenas nos doa a vida. Ele mesmo vem ao nosso encontro, se revela, nos ajuda a nos entender e a descobrir a vida como vocação, nos ajuda a perceber que nós somos feitos para o amor e capazes de amar.

A maior descoberta da vida é entender que amar significa responder "sim" a Deus, aliás, amar é a única e verdadeira linguagem de Deus! Por esta linguagem, recebemos e damos sentido ao viver e fazemos da nossa vida uma resposta que nos torna íntimos de Deus, "filhos".

Este é o sentido mais profundo da santidade: estarmos unidos Àquele que é Mistério Santo, direcionando toda nossa vida para que esta união seja sempre mais concreta e autêntica, abraçando com todo nosso entendimento, com todas as forças, a vida de quem realizou esta união: Jesus Cristo, o homem da cruz.

Acolher e dar o nosso "sim" a Deus é possível através do "sim" a Jesus Cristo, através da escolha de viver como cristãos, fazendo do batismo o primeiro sinal dessa escolha. Por este sinal - sacramento - o ser humano escolhe amar como Jesus, escolhe a santidade como sentido da vida; mergulha no mistério de Deus Trindade, se torna "filho", entra na relação trinitária; se torna cristão, membro da Igreja, corpo de Cristo.

Ser cristão, viver a vida como cristão, é compromisso solene de fazer da nossa vida uma resposta de amor tendo Jesus Cristo como modelo, como companheiro de vida e, através do Espírito que Ele nos dá, o Espírito do Pai, realizar o caminho da santidade na realidade concreta da vida, descartando qualquer outro interesse, qualquer outra proposta, qualquer outro apelo que possa até surgir em nós.