2. Os Livros do Antigo Testamento

08/07/2017

O AT Subdivide-se em quatro grandes secções: Pentateuco, Livros Históricos, Livros Sapienciais e Livros Proféticos. O NT, bem menor do AT como tamanho, tem uma estrutura mais simples: Evangelhos e Atos dos Apóstolos; Cartas paulinas; Cartas Católicas e Apocalipse.

O Pentateuco (chamado Torá pelos judeus) identifica os primeiros 5 livros da Bíblia: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio. Nestes livros se apresentam a Lei judaica e o percurso do povo de Israel desde a criação até a chegada na Terra Prometida.

Os livros históricos, são 16: Josué, 1 e 2 Juízes, Rute, 1 e 2 Samuel, 1e 2 Reis, 1 e 2 Crônicas, Esdras, Neemias, Tobias, Judite, Ester, 1 e 2 Macabeus. Nestes livros e relatada toda a história sucessiva do povo de Israel, desde os "juízes", os reis, até a volta do exílio na Babilônia e a sucessiva dominação pelos gregos que antecedeu a época romana durante a qual Jesus viveu.

Os livros sapienciais, são 7: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos, Sabedoria e Eclesiástico. Estes livros apresentam a riqueza da experiência religiosa do povo de Israel, através de orações, reflexão, cantos e poesias.

Os livros proféticos, são 18: Isaías, Jeremias, Lamentações, Baruc, Ezequiel, Daniel, Oséias, Joel, Amós, Abdias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias. Estes livros apresentam as fundamentais figuras dos profetas que acompanharam o caminho do povo de Israel organizado como nação monárquica.