1. Anúncio de Jesus Cristo

15/07/2017

Jesus convidou os Apóstolos a entrar no mistério da sua vida para que eles pudessem experimentar, em primeira pessoa, o mistério da vida íntima de Deus, para que depois se tornassem capazes de doar aos outros aquilo que interiorizaram, e aliás, para serem cooperadores do agir do próprio Deus no mundo e na História.

Assim a experiência apostólica deu corpo ao Novo Testamento, em particular aos quatro Evangelhos. No coração deles está a pessoa de Jesus Cristo, seu próprio anúncio do Reino de Deus, sua paixão, morte e ressurreição e sua ascensão aos Céus.

"Evangelho" significa mesmo "Boa Notícia", proclamação que Jesus Cristo é o Salvador, o próprio Deus que se fez homem para que todo homem possa participar plenamente à vida de Deus.

Este anúncio é a única verdadeira "boa notícia" de sempre e para sempre que dos Apóstolos passa incessantemente a todas as gerações da Igreja ao longo da História para que seja comunicado a todos os homens.

Esta tarefa essencial dada à Igreja, é a obra da "Evangelização" através da qual somos todos convidados, de uma forma permanente, tanto a receber quando a doar a "Boa Notícia" que é a própria pessoa de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, vivo no nosso meio.