A essência do cristianismo

20/04/2019


Jesus Cristo, existindo em condição divina,

não fez do ser igual a Deus uma usurpação,

mas ele esvaziou-se a si mesmo,

assumindo a condição de escravo

e tornando-se igual aos homens.

Encontrado com aspecto humano,

humilhou-se a si mesmo,

fazendo-se obediente até a morte,

e morte de cruz.

Fl 2,6-8


A essência do cristianismo é fazer com que estes gestos de Cristos se tornem reais na nossa vida diária...

O sentido da fé está apenas no esvaziar nossa existência de toda usurpação provocada pelo egoísmo e pelo orgulho, e recuperar o coração autêntico que o Pai do Céu nos deu desde a fundação do mundo, nossa condição divina...

O sentido do amor é alcançar a verdade, a união profunda com o outro, que nos pertence e que a ele pertencemos, pelo caminho da misericórdia que nos pede humilhação, obediência, silêncio...

O sentido da esperança é querer subir na cruz e descer nas profundidades escuras das nossas histórias feridas e cheias de morte, na certeza de encontrar Aquele que nos dá vida...